De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Colunistas

A culpa não é deles

Os Bancos em Portugal deixaram há muitos anos de pagar juros para agora receberem “pela manutenção da conta”.

Implementou-se o hábito dos cartões de ATM’s, o que resultou em menos trabalho aos balcões e consequentemente menos agências.

Passou a pagar-se ao Estado e privados quase tudo através de transferência.

Todos beneficiam da agilização e garantia das suas (boas) cobranças.

O próprio governo aproveita daí. Certamente por isso não age à prepotência da banca, sem ter em conta as contas sociais pelo facto de todo e qualquer cidadão, até pela democratização, beneficiar do recebimento por transferência das pensões ou subsídios e salários.

Posto isto passámos a pagar pelo nosso dinheiro.

Que diabo! Se eu vender um artigo e me pagaram em duplicado, e se o governo não me intentar por especulação eu triplico e porque aí adiante.