De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Desporto

Anthony Lopes agride técnico do Marselha

O triunfo do Lyon em Marselha neste domingo, por 3-2, foi épico, com Depay a fazer o golo da vitória já depois dos minuto 90, mas acabou por ficar marcado por uma enorme confusão à entrada do túnel, após o apito final.

A confusão começou ainda dentro do campo, com Rami e Ocampos a trocarem palavras menos amigáveis com vários jogadores do Lyon, e acabou por descambar depois.

No meio do amontoado de jogadores e elementos das duas equipas técnicas a travar-se de razões, surge Anthony Lopes. As imagens não deixam margem para dúvidas: o internacional português, guarda-redes e capitão do Lyon, vem disparado em direção à confusão e agride, com uma chapada, um elemento da equipa técnica do Marselha. O guardião pode incorrer num pesado castigo.

Entretanto e também esta segunda-feira, o Lyon foi informado de que está em risco de ser excluído das competições europeias, depois da UEFA ter aberto um processo disciplinar ao clube na sequência de desacatos antes e durante o jogo com o CSKA de Moscovo, na segunda mão dos oitavos-de-final da Liga Europa.

O Lyon, refira-se, já se encontrava em regime probatório desde o jogo com o Besiktas da edição passada da prova, um encontro que terminou com confrontos entre as claques dos dois clubes. Tanto os franceses como os turcos foram penalizados pela UEFA com a exclusão das competições europeias, mas a pena ficou suspensa por dois anos.

A decisão final do organismo que rege o futebol europeu será tomada a 31 de maio. O Lyon – no caso, os seus adeptos – é acusado de “comportamento racista”, “lançamento de objetos e uso de dispositivos pirotécnicos”, “distúrbios da multidão” e “escadas bloqueadas”. Antes do jogo, um veículo da brigada anti-crime foi atacado por cerca de 150 indivíduos encapuzados. Oito polícias do corpo de intervenção ficaram feridos, dois dos quais em estado grave.

Curiosamente, o Marselha, tem igualmente um processo disciplinar aberto pela UEFA, devido ao “uso e lançamento de dispositivos pirotécnicos” e “distúrbios da multidão” no encontro com o Athletic Bilbau, na mesma prova.