De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Motores

Ao volante de um futuro clássico

Desde miúdos que sonhamos com roadsters e desportivos, até porque nenhuma criança sonha ter um monovolume ou um furgão. Os automóveis dos nossos sonhos de criança são mais do que muitos e alguns deles só estão ao alcance de uma minoria muito muito reduzida. Este artigo poderia ter envolvido um Porsche Boxster, um BMW Z4, um Honda S2000 ou quem sabe um Ferrari California. Mas para sermos felizes ao volante não precisamos de nada mais do que um Mazda MX-5.

É ao volante deste tipo de automóveis que realmente nos apercebemos do quão prazerosa pode ser a tarefa da condução, tanto que chega a ser até uma espécie de terapia relaxante.

Faça chuva ou faça sol conduzir este tipo de automóveis é sempre uma experiência agradável. Ao contrário do que pensam algumas pessoas, conduzir um “cabrio” desportivo numa manha fria de inverno sem chuva, numa estrada de serra é como estar em sintonia com a natureza e com a felicidade. De fundo ouvimos o barulho do motor, quando respiramos sentimos o cheiro dos eucaliptos e no corpo sentimos a verdadeira conexão do homem com a máquina.

Não vamos falar de uns tais Audi TT MKI com um comportamento terrível, falemos de automóveis que oferecem o verdadeiro nirvana do prazer da condução. Não precisamos de 200cv para sermos felizes, não precisamos de gastar 20 litros de combustível cada vez que queremos dar uma volta ao domingo de manhã. E também não precisamos de gastar 50.000 num automóvel.

Às vezes bastam automóveis simples, baratos, com mecânicas fiáveis e com um custo de manutenção sustentável para sermos felizes. Um desses automóveis é sem duvida o Mazda MX-5. Desde a primeira geração até à ultima que são automóveis capazes de proporcionar emoções fortes, com um consumo de combustível que não nos deixa com medo de sair de casa e com uma manutenção simples, até porque, encontrando um em bom estado é como se diz em bom português: ”É só pôr gasolina e andar!”

Pedimos à Mazda a segunda geração do Mazda MX-5, nada modestos tinham no parque de imprensa um Mazda MX-5 1.8 NB fase 2 com autoblocante, 146cv de potência, caixa de 6 velocidades e como todos os outros tração traseira!

O Mazda MX-5 NA 1.6 que ensaiámos era um verdadeiro “automóvel de colecção”, tinha 115cv de potência e a direção assistida era inexistente. A diferença para o NB 1.8 é absolutamente colossal. Um bom investimento seria sempre um Mazda MX-5 NB 1.6 com alguns extras que deverá andar no mercado de usados por valores a rondar os 7.000€.

Voltando ao que interessa, este Mazda MX-5 NB tornou o que era bom ainda melhor. Potência para a brincadeira e conforto e o design de um automóvel mais moderno. Um comportamento fantástico e nesta motorização 1.8, força para dar e vender. Este Mazda MX-5 das fotos precisa apenas de 8.4 segundos para chegar aos 100km/h e atinge os 208km/h. Os consumos podem andar abaixo dos 9 litros se não exagerarmos no pé direito.

A nota de escape mesmo de origem é puramente interessante, a caixa é a típica dos Mazda MX-5, e por isso será do melhor que alguma vez irão experienciar na vida. A direção é leve e direta, o que nos facilita bastante quando chega a altura da brincadeira.

Mas mais do que andar depressa, o proprietário de um Mazda MX-5 pretende usufruir ao máximo do prazer de condução que proporciona o roadster nipónico. O impressionante é que conseguimos extrair esse prazer de condução a andar devagar!

Este é o automóvel que comprova que não é preciso ser “rico” para ser feliz ao volante. O Mazda MX-5 oferece isso e muito mais, por muito menos. Não é apenas um automóvel cheio de pedigree e com um design interessante, é um verdadeiro automóvel para a vida.

MAIS CARROS EM CAR ZOOM