De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Comunidades

Diálogos na Suíça tiveram mais de 500 participantes diz Secretaria de Estado

O esclarecimento de dúvidas dos cidadãos portugueses residentes na Suíça, em domínios como a fiscalidade, a portabilidade de direitos sociais, os direitos laborais e o ensino do português como língua de herança, mas também como língua integrada no currículo no secundário, foi o objetivo central da iniciativa “Diálogos com as Comunidades”, que se realizou nas cidades de Lausanne, Berna e Zurique.

Os encontros tiveram lugar entre os dias 15 e 17 de fevereiro e envolveram mais de 500 cidadãos portugueses, que puderam dialogar, de forma próxima, com o Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro e com o Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes.

Participaram também o presidente do Instituto Camões, Luís Faro Ramos, o Diretor Geral de Assuntos Fiscais e das Comunidades Portuguesas, Júlio Vilela, bem como a adjunta da Secretária de Estado da Segurança Social, Elsa Castro.

Os “Diálogos com as Comunidades” na Suíça contaram ainda com a presença do Embaixador de Portugal na Suíça, António Ricoca Freire e dos Cônsules Gerais em Genebra e Zurique, respetivamente Miguel de Calheiros Velozo e Licínio Bingre do Amaral.

À margem das sessões de contacto com os cidadãos portugueses realizaram-se encontros com a presidente do sindicato suíço UNIA, Vania Alleva e com o Conselheiro de Estado do Cantão de Friburgo, Jean-Pierre Siggen, que possui responsabilidades nas áreas da educação, cultura e desporto.

“Neste último encontro verificou-se uma excelente troca de impressões sobre a possibilidade de introduzir a língua portuguesa como opcional no ensino secundário do Cantão de Friburgo”, pode ler-se em comunicado da Secretaria de Estado das Comunidades.