De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Portugal

Dois lusodescendentes detidos com armas de guerra e um Corão

Dois irmãos lusodescendentes, que tinham armas de guerra e um exemplar do Corão, foram detidos pela Polícia Judiciária na Guarda. A notícia foi avançada esta segunda-feira pelo Jornal de Notícias , que indicava ainda a suspeita de ligação a grupos radicais islâmicos, entretanto descartada pela polícia judiária.

Os irmãos, de 23 e 27 anos, foram detidos na sexta-feira. A PJ encontrou um exemplar do Corão num dos carros dos jovens e pelo menos um deles confessou que se converteu ao islamismo há cerca de quatro anos. Em casa, tinham duas pistolas de calibre de guerra e proibido (9 milímetros), munições e um aerossol.

Os irmãos têm nacionalidade portuguesa e francesa e residem há três meses numa aldeia do concelho de Almeida.

À PJ terão dito que se encontram em Portugal a pedido da mãe – residente em França – para tratarem da campa do pai, que está sepultado em Almeida.

A investigação começou depois de um dos irmãos ter sido atingido com um tiro numa perna e ter sido tratado no serviço de urgência do Hospital da Guarda. A unidade hospitalar alertou os agentes da PJ, que se dirigiram ao hospital onde a vítima não conseguiu explicar a origem do ferimento, contando uma versão que não convenceu os inspetores.

A PJ começou a investigar o caso e depois de as desconfianças terem sido adensadas os agentes efetuaram buscas na residência dos jovens, onde foram encontradas as armas proibidas. Os irmãos foram detidos e interrogados em tribunal. Acabaram por ser libertados, mas sujeitos a termo de identidade e residência e a apresentações periódicas à GNR.

O JN acrescenta que os irmãos têm antecedentes criminais em França por furto e burlas.