De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Lifestyle

Mafalda e Miguel nos 30 anos de Planície

A comemorar 30 anos de canções, a Mafalda Veiga presenteia-nos com uma emocionante versão do tema Planície, o primeiro single do álbum de estreia “Pássaros do Sul”, que se tornou um sucesso imediato, sem precedentes e cuja melodia prevalece até hoje na memória coletiva dos portugueses. Foi no seguimento de convite dirigido pela Mafalda ao Miguel Araújo, que esta versão a dois vem agora a público; a história de como tudo aconteceu, eles contam-na melhor que ninguém.

“Uma das coisas mais extraordinárias da música é ser um lugar incrível para nos encontrarmos com as pessoas de quem gostamos”, diz Mafalda. “Foi por isso que, para comemorar estes 30 anos de escrever canções e de as tocar ao vivo, quis convidar alguns dos amigos e colegas que mais admiro para cantarem comigo, de viola nas mãos e completamente (e literalmente) “em casa”, as músicas que lhes pudesse apetecer.
Quando convidei o Miguel Araújo, que é um dos mais talentosos escritores de canções que este país já viu nascer, propus-lhe que escolhesse uma canção minha para cantarmos juntos e, por uma enorme coincidência, ele tinha acabado de mandar a um amigo uma versão da “Planície” gravada no telemóvel, dias antes, só com viola e voz (que afinal foi também como eu a fiz). Foi essa a música que ele escolheu e não podia ter feito mais sentido. Se é para comemorar, que seja em cheio. A versão do Miguel é linda, é de uma intimidade desarmante e comovente e foi maravilhoso o tempo que passámos no Porto, em casa, em família e entre amigos, a gravar este dueto. Uns dias mais tarde, quando já estava de regresso a Lisboa, alguém me disse para ler a crónica que ele escreve semanalmente para a revista Visão onde falava de mim. A cumplicidade, a amizade e a admiração são absolutamente recíprocas, querido Miguel”, conclui.

Em declarações à revista Visão, Miguel Araújo acrescentou:

“As pessoas reconhecem-se e unem-se numa cumplicidade sincera e antiga, numa amizade de sempre. Conheci a Mafalda Veiga há poucas semanas e é para mim um bálsamo para a alma andar por perto, ouvir as histórias. A “Planície” (a miraculosa e maravilhosa canção dos pássaros do sul) nasceu em cinco minutos, quando a sua autora nem 20 anos tinha. A melodia dessa música é um milagre, como é que uma coisa dessas é possível? Como é que se faz para ser tão bom? Uma pessoa ouve uma música a tocar dentro da cabeça e tenta sacar os acordes, como se estivesse a tentar sacar os acordes duma música do Cat Stevens, daquelas de sempre, só que é uma música que não existia e de repente passa a existir, é literalmente assim.”