De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Motores

Moto2: Miguel Oliveira termina GP da Alemanha em quarto

O piloto português Miguel Oliveira, aos comandos de uma KTM, foi este domingo quarto classificado do Grande Prémio da Alemanha de Moto2 e ficou mais perto da liderança do Mundial de motociclismo de velocidade.

Segundo classificado do campeonato, Oliveira largou da 15.ª posição da ‘grelha’ do Sachsenring, em Hohenstein-Ernstthal, e recuperou 11 lugares, numa corrida ganha pelo o sul-africano Brad Binder, seu colega de equipa, que venceu pela primeira vez nesta categoria.

Binder completou as 28 voltas ao traçado em 39.46,306 minutos, enquanto o espanhol Joan Mir (Kalex) foi o segundo, a 779 milésimos, seguido pelo italiano Luca Marini (Kalex), a 933, e o piloto de Almada, a 2,143 segundos.

O italiano Francesco Bagnaia (Kalex) terminou em 12.º e conservou a liderança do Mundial, com 148 pontos, mas viu Miguel Oliveira colocar-se somente a sete pontos de distância.

Na sequência de uma queda do compatriota Mattia Pasini, que tinha largado da ‘pole position’, Bagnaia foi obrigado a sair da pista na segunda volta e caiu para o 25.º lugar, hipotecando as hipóteses de uma boa classificação no circuito da Saxónia.

O espanhol Alex Márquez (Kalex), mais direto perseguidor de Oliveira, não foi além do 13.º posto e também perdeu terreno na luta pelo título.

O português, que na próxima época vai saltar para o MotoGP, a categoria rainha do motociclismo de velocidade, procurava na Alemanha o seu segundo triunfo da temporada, depois de ter vencido o Grande Prémio de Itália, sexta prova do calendário.

O Grande Prémio da República Checa, décima das 19 provas do Campeonato do Mundo, realiza-se em 05 de agosto, em Brno.