De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Colunistas

O sonho de navegar

Portugal dispõe de boas infraestruturas para a amarração de veleiros, catamarãs e iates de luxo. Pois, há já muitos anos que navegadores estrangeiros e nacionais procuram a costa e os rios portugueses, nomeadamente os rios Tejo, Douro e Guadiana. Algumas marinas fluviais e marítimas, portos e docas de recreio têm capacidade para a amarração de embarcações grandes e outras para receberem só embarcações pequenas.

Hoje em dia, é bastante normal encontrar veleiros e iates de luxo de marcas francesas, inglesas, italianas, norueguesas e alemãs atracados no continente e ilhas para se reabastecerem de combustível, água e energia. E destacam-se as marcas Jeanneau, Beneteau, Hanse, Sessa e Benetti. O comprimento destes varia entre 12 e 35 metros.

Embora alguns portos marítimos estejam preparados para a atracação de cruzeiros de companhias bem conhecidas, tais como Aida e Hapag Lloyd. Tanto Portimão como Lisboa podem ser visitadas pelos passageiros destas embarcações enormes. Estes desejam indagar a cultura e a paisagem destas localidades. Tanto os passageiros como a tripulação que se encontra de folga têm na maioria das vezes entre 4 e 10 horas para repousar e para se distraírem.

Os proprietários ou arrendatários dos veleiros e dos iates aproveitam para conhecer as atrações das cidades e vilas portuguesas. Tendo a possibilidade de encontrar serviços de manutenção e até mesmo estaleiros para reparações ou modernizações.

Conforme a informação fornecida por uma funcionária do Clube Naval de Cascais os participantes de regatas que partem diretamente do clube são essencialmente nacionais. E informa ainda que as inscrições para a regata de Natal 2018 ainda estão abertas.

Numa visita às marinas de Vilamoura, Lagos e Portimão, situadas na costa algarvia, pude constatar, que estas são bem procuradas por turistas nacionais, espanhóis, holandeses, ingleses, franceses, alemães e suecos que encontram excelentes alternativas de alojamento, ótima restauração e praias enormes.

Segundo uma funcionária da Marina de Portimão, realizaram-se alguns eventos náuticos entre os anos 2011 e 2013. Assim como se realizou o Game Fishing Championship 2011 e o Cooktail de Natal de 2011. A funcionária referiu ainda que a Agenda de Eventos 2018 e de 2019 ainda estão por programar.

Junto de muitas praias, marinas e docas de recreio existe a possibilidade de qualquer turista praticar jet-ski, surf, windsurf, paddle, kaiak, condução de scooters de água, snorkeling, mergulho e pesca desportiva. De igual forma, existe a opção de escolher visitas guiadas a grutas e observação de golfinhos. E desenvolve-se a oferta de barcos solares, ecológicos e silenciosos.