De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
França

Restaurantes portugueses em França distinguidos

A Rede de Restaurantes Portugueses no Mundo – Taste Portugal vai distinguir restaurantes lusos em França, na terça-feira, num jantar a bordo de um barco-cruzeiro, no rio Sena, em Paris.

A rede, que pretende promover a gastronomia lusa e internacionalizar empresas nacionais, vai assinalar a integração de 11 restaurantes localizados em Paris, Pierrefitte-sur-Seine, Drancy, Courbevoie, Versalhes, Estrasburgo e Roubaix.

“A rede pretende chamar a atenção para a identidade portuguesa em restaurantes que estão noutros países e vamos entregar placas de adesão aos restaurantes que aportam portugalidade”, disse à Lusa Teresa Vivas, consultora gastronómica para o programa de internacionalização da gastronomia portuguesa.

A cerimónia vai decorrer durante um jantar português, servido por um dos estabelecimentos membros da rede, o Canelas – Le Portugal à Paris, em colaboração com o chef detentor de uma estrela Michelin Rui Silvestre.

O evento vai também contar com a presença do chef Vítor Sobral.

Os restaurantes que vão ser distinguidos são o Bistrot, a Churrasqueira Nossa e o Passarito mon amour, em Paris; a Canelas, em Pierrefitte-sur-Seine; O Lisboa, em Drancy; o Cento e Seis, em Courbevoie; O Porto, em Estrasburgo; La Maison Bleue, em Franconville; o Plaisir du Portugal, em Créteil; o Cat´espero, em Roubaix, e o Saudade, em Versalhes.

A Rede de Restaurantes Portugueses no Mundo, uma iniciativa da Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), foi apresentada, em Paris, a 13 de outubro, e os primeiros certificados a restaurantes localizados em Espanha, França, Reino Unido, Alemanha e Brasil foram entregues a 28 de fevereiro na Bolsa de Turismo de Lisboa.

Teresa Vivas explicou que, depois de Paris, a rede vai distinguir outros restaurantes em cerimónias que vão acontecer em Madrid, em 12 de março, em Berlim, em 15 de março, em São Paulo, em 09 de abril, e em Londres, em 16 de abril.

Os restaurantes recebem uma placa de adesão à rede depois de terem sido alvo de uma visita na qual é avaliada “a portugalidade”, nomeadamente a utilização de “produtos portugueses de qualidade” e um receituário de sabores lusos, devendo o espaço remeter para Portugal em termos de decoração e de receção porque “as pessoas devem saber receber à maneira portuguesa”.

A responsável da AHRESP acrescentou que os restaurantes distinguidos beneficiam de ações de comunicação e “têm a garantia da entrega dos produtos portugueses de qualidade que estão inscritos” no catálogo de produtos regionais do Taste Portugal, Devido a um protocolo com uma empresa de logística alimentar.

Na página da internet do Taste Portugal, pode ainda ler-se que os restaurantes membros são considerados “prestadores de serviços preferenciais para os eventos oficiais ou organizados pelas entidades de diplomacia portuguesa”, têm “acesso em primeira mão a novos produtos e serviços de Portugal que se encontrem em fase de internacionalização” e podem receber estagiários das Escolas de Turismo e Hotelaria do Turismo de Portugal e das Instituições de Ensino Superior Politécnico de Portugal.

Até agora, no ‘site’ do programa há 527 restaurantes identificados em Espanha, França, Brasil, Reino Unido, Alemanha e Canadá, mas só 36 são já membros da rede, aos quais se vão juntar os que vão ser distinguidos na terça-feira em França.

Depois do encerramento da primeira fase de credenciação de restaurantes em França, Espanha, Alemanha, Reino Unido e Brasil, a rede quer identificar, a partir de maio, estabelecimentos na Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Suíça, Canadá, Estados Unidos e China.

O Taste Portugal tem o apoio das secretarias de Estado das Comunidades Portuguesas e da Internacionalização, da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, do Turismo de Portugal e Minha Terra – Federação Portuguesa das Associações de Desenvolvimento Local.