De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Colunistas

Carta de reconhecimento

Ao cessar funções como Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, queria prestar justa homenagem aos portugueses e lusodescendentes no mundo e aqui deixar registado, junto de todos vós, o meu reconhecimento do valor inestimável e da poderosa rede global que representam e dinamizam, uma realidade que pude testemunhar nestes quatro anos de legislatura, em inúmeros países e nos mais variados contextos.

Em tempos tão incertos e atribulados como os que vivemos, os portugueses e as suas comunidades no mundo são uma verdadeira fonte de inspiração sobre o modo como, individual e coletivamente, poderemos todos fazer face aos desafios do futuro. E são, acima de tudo, um alicerce vivo e sólido da presença de Portugal na vida internacional. Estes quatro anos confirmaram que a defesa dos seus interesses, o seu continuado apoio, promoção e valorização, em todas as dimensões e por todas as instâncias, são requisitos essenciais na prossecução e execução das políticas e iniciativas dirigidas às comunidades portuguesas.

Foi esta orientação que procurei imprimir ao meu trabalho, aliada a esteios de contacto e proximidade que são inerentes à missão que cumpri e constituem, a meu ver, um dever e imperativo da mesma. O meu trabalho não poderia ter sido desenvolvido nem concretizado sem o apoio e contributo de todos e de cada um que neste percurso conheci, que agradeço muito calorosamente. Foi uma colaboração ímpar que espero possa ter produzido resultados positivos e aberto caminhos mais amplos para o fortalecimento das comunidades portuguesas no mundo, da sua ligação com Portugal e da afirmação do nosso país.

Certo de que futuras oportunidades se perfilarão para continuarmos este percurso em conjunto, e encorajando-vos a prosseguir a vossa ativa participação neste processo que é de todos nós e para todos nós, deixo-vos os votos das maiores felicidades e os meus melhores cumprimentos.

José Luís Carneiro