De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Comunidades

Central sindical critica atrasos do Consulado no Luxemburgo

A central sindical OGBL, aquela com maior número de membros no Luxemburgo, considera em comunicado enviado à redações ter conhecimento de que as marcações para serviços consulares no Grão-ducado podem chegar a quatro meses.

Segundo a OGBL, as marcações, no Consulado-Geral de Portugal no Luxemburgo, para a renovação de cartões do cidadão, de passaportes, e outros serviços pode durar entre três e quatro meses. Situação que é para a central incompreensível e que, segundo a mesma fonte tem vindo a degradar-se.

Representantes portuguesas da OGBL encontraram-se com o cônsul-geral de Portugal (na foto acima). Manuel Gomes Samuel, terá admitido, segundo o sindicato, que o Consulado sofre de falta de pessoal, tanto no atendimento como na central telefónica destinada às marcações. Esta central funciona através de contrato do Estado português com uma empresa que fornece os recursos humanos para esse atendimento.

A OGBL considera que as 13 pessoas atualmente a trabalhar no consulado não são suficientes para uma “população portuguesa inscrita de 148 mil pessoas”.

O cônsul terá informado a OGBL que pediu um reforço de funcionários, mas até agora não obteve qualquer resposta de Lisboa.