De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Europa

Covid-19: Ucrânia envia ajuda para Itália

A Ucrânia enviou 20 médicos e enfermeiros para Itália, para ajudar no combate à pandemia de covid-19 naquele país, que soma já o maior número de mortes em todo o mundo, anunciou o Governo ucraniano.

Composta por especialistas em doenças infeciosas e reanimação, cirurgiões, anestesiologistas e enfermeiros, a equipa foi recebida à chegada pelo chefe da diplomacia italiana Luigi Di Maio, de acordo com um vídeo transmitido pelo Ministério do Interior da Ucrânia.

“É um sinal de solidariedade” para com a Itália, onde vive uma significativa comunidade ucraniana, afirmou em comunicado o ministro do Interior Arsen Avakov (na foto), que possui uma luxuosa moradia na província italiana de Latina.

Segundo Avakov, os médicos vão permanecer durante duas semanas na região de Marche, no leste de Itália, para onde Kiev prevê também enviar, em breve, desinfetantes e um helicóptero médico.

A equipa deve regressar para a Ucrânia logo que o pico da pandemia atenue naquele país, o que está previsto para meados de abril, e a experiência adquirida em Itália vai servir para salvar a vida dos ucranianos, afirmou o vice-ministro do Interior, Anton Guerachtchenko, na rede social Facebook.

A antiga República soviética, um dos países mais pobres da Europa, onde o sistema de saúde está fragilizado, registou hoje 1.096 casos confirmados e 28 mortes por covid-19.