De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Europa

Depois das cheias é hora de limpar e recomeçar

Está tudo mais calmo, na Alemanha, e nos países vizinhos afetados pela cheias históricas que fizeram centenas de mortos.

Nem os móveis ficam para contar a tragédia dos últimos dias. Muitos dos afetados têm a ajuda dos vizinhos para a reconstruir a casa irreconhecível. Nem a casa de banho escapou muitas vezes.

O lixo do interior é retirado para as ruas, que ainda há uns dias tinham água a 4 metros de altura.

Brigitte Berger e Heinz Berger, casal residente também em Blessem, contaram, emocionados à televisão Euronews, que ficaram sem nada. “As memórias foram-se. Não há nada”, diz Brigitte. “Construímos tudo com as nossas próprias mãos. Está tudo perdido.”, conta Heinz Berger.

O governo regional da Renânia do Norte-Vestfália anunciou uma ajuda até 3500 euros por família afetada pelas cheias.