De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Europa

Em Oxford já há uma vacina testada em macacos… e funcionou

A vacina que está a ser desenvolvida por investigadores da Universidade de Oxford revelou-se um sucesso num teste feito num pequeno grupo de macacos. A vacina a ser desenvolvida por uma equipa de investigadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, mostrou oferecer proteção contra a covid-19.

Os cientistas mostram-se confiantes no sucesso da vacina e, face aos resultados positivos, começaram os testes em humanos no final de abril. De acordo com a Reuters, estas descobertas preliminares ainda não foram submetidas a uma revisão por pares.

Alguns dos macacos que receberam uma única injeção da vacina desenvolveram anticorpos contra o novo coronavírus num período de apenas duas semanas. Os seis macacos que fizeram parte do estudo desenvolveram todos anticorpos protetores ao fim de 28 dias.

Depois serem expostos ao coronavírus, a vacina pareceu impedir que fossem causados danos nos pulmões e que o vírus fizesse cópias de si mesmo, como é habitual. No entanto, o vírus continuou a replicar-se ativamente no nariz dos macacos.

“Era um dos obstáculos a ser superado pela vacina de Oxford e foi ultrapassado”, disse o investigador britânico Stephen Evans, referindo-se ao sucesso do teste em macacos. São “definitivamente” boas notícias, acrescentou.

Ainda assim, como realça a Reuters, é comum que as vacinas que protegem os macacos no laboratório acabem por falhar na função de proteger os seres humanos.

Evans realça também que não há evidências de que a doença esteja imunologicamente melhorada. “Esta era sem dúvida uma preocupação no desenvolvimento de uma vacina contra o SARS-CoV-2 e não encontrar evidências disto neste estudo é muito encorajador”, explicou.