De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Portugal

Empresa de segurança na internet abre centro de investigação em Lisboa

A Cloudflare, empresa líder em segurança, desempenho e fiabilidade na Internet, anunciou que vai abrir em Lisboa, Portugal, um Centro de Investigação e Desenvolvimento (I&D). As funções do novo Centro incluem Engenharia, Segurança, Produto, Estratégia de Produto, Pesquisa Tecnológica e Suporte ao Cliente.

“Enquanto a Cloudflare procurava locais para o seu terceiro escritório na Europa, Lisboa, um hub internacional bem conectado, repleto de forte talento de engenharia local, pareceu-nos uma escolha clara”, disse Matthew Prince, co-fundador e CEO da Cloudflare. “Abrir um escritório em Lisboa oferece à Cloudflare a oportunidade inestimável de aceder a um novo conjunto de talentos técnicos que nos permitirá levar melhores produtos e serviços ao mercado.”

Atualmente, a rede da Cloudflare abrange 71 cidades na região EMEA (Europa, Médio Oriente e África), em comparação com 59 cidades da região no final de 2018. Lisboa receberá o terceiro escritório europeu da Cloudflare, a juntar-se à sede europeia da empresa em Londres, bem como ao escritório em Munique, inaugurado em 2018. Com Data Centers em mais de 180 cidades em todo o mundo, a empresa continua a crescer para estar ainda mais perto dos utilizadores conectados à Internet.

Desde o final do primeiro trimestre de 2018 até ao final do segundo trimestre de 2019, a Cloudflare aumentou a sua equipa EMEA em 87%. Atualmente, a Cloudflare tem mais de 230 colaboradores nesta região.

O CTO da Cloudflare, John Graham-Cumming, será o responsável pelo Centro de Lisboa. Graham-Cumming afirma: “Lisboa tem potencial para ser o próximo grande ecossistema tecnológico europeu, e estou ansioso pelo próximo capítulo da Cloudflare. Parte de nossa força vem do facto de oferecermos uma variedade de locais para os quais podemos atrair pessoas de diversas origens que estão entusiasmadas em trabalhar na Cloudflare. Espero que possamos construir uma nova equipa Cloudflare em Lisboa que partilhe a nossa cultura e valores, mas que tenha o seu próprio sabor local.”

Para o Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, esta é “mais uma escolha que reforça Portugal como um destino competitivo, muito atrativo para acolher Investimento Direto Estrangeiro de alto valor tecnológico.”

Já o Presidente da AICEP, Luís Castro Henriques, sublinha: “Portugal tem conseguido atrair Centros Tecnológicos cada vez mais especializados e com maior valor acrescentado e a AICEP tem trabalhado ativamente para que estes projetos se concretizem, traduzindo-se em mais postos de trabalho altamente qualificados. A vinda da Cloudflare, uma empresa inovadora e altamente especializada é uma excelente notícia para o nosso País.”

Também o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, destaca: “Foi com grande satisfação que soubemos da decisão da Cloudflare, mais uma empresa unicórnio das tecnológicas, de origem norte-americana, em vir para Portugal e Lisboa, em particular. Este novo investimento vem mostrar que a nossa cidade está no bom caminho ao apoiar a inovação e a criatividade que geram emprego de trabalhadores altamente qualificados. Este é também um contributo para o desenvolvimento de Lisboa e para o seu posicionamento a nível global.”

Com mais de 18 milhões de propriedades da Internet na rede da Cloudflare, a empresa já possui muitos clientes em toda a região da EMEA e em Portugal, especificamente. A localização da Cloudflare em Lisboa junta-se a outros escritórios globais em São Francisco, Califórnia, San José, Califórnia, Austin, TX, Champaign, Nova Iorque, Washington, D.C., Londres, Munique, Singapura, Sydney e Pequim.