De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Comunidades

Jovens canadianos e lusodescendentes divulgam Portugal “por paixão”

Uma associação portuguesa no Canadá é gerida por um grupo de jovens pela sua “paixão e afinidade por Portugal”, o que os faz sentir “perto de casa”, disse uma fonte da direção à agência Lusa.

“Há uma paixão pela casa, pelo fato de estarmos a ajudar a nossa comunidade e uma paixão por Portugal. Nós que integramos a direção, ou nascemos em Portugal, ou fomos criados lá, há uma afinidade com Portugal”, afirmou Carina Paradela, de 32 anos, presidente da direção do First Portuguese Canadian Cultural Centre (FPCC).

A dirigente falava este sábado durante um Mercado de Natal, evento que decorreu na associação, e que levou várias dezenas de visitantes ao FPCC, encontrando-se entre eles o presidente da Câmara Municipal de Toronto, John Tory.

Fundada há 63 anos, a coletividade de Toronto, é gerida por quatro ‘jovens’ com idades compreendidas entre os 30 e os 40.

No Canadá há 12 anos, Carina Paradela, uma auxiliar de educação na direção escolar de Toronto, natural de Santa Maria da Feira (Distrito de Aveiro), lamentou, no entanto, que por vezes a missão da direção “é um pouco difícil”.

“Talvez por sermos jovens, por vezes as mentalidades são um pouco difíceis de mudar. É normal, mas também se nota que a imigração está a mudar bastante. A juventude está a vir para cá, verificamos aqui esta mudança”, explicou.

A direção da coletividade tem sentido um “retorno positivo”, numa experiência no associativismo que descrevem de “muito interessante”, pois sentem-se “perto de casa”.

“Fazer parte de um movimento associativo faz-nos sentir um pouco mais perto de casa, é um dos principais motivos. Depois vemos que as pessoas gostam, procuram, sentem-se bem, acabamos por gostar e ingressar no movimento associativo”, justificou a dirigente.

Apesar de ser difícil de atingir a faixa etária mais idosa, os redes sociais têm facilitado a promoção dos vários eventos que o FPCC organiza anualmente, a alcançar as novas gerações de “filhos e netos”.

Com mais um ano de mandato, até novembro de 2020, altura em que findam os dois anos de exercício diretivo, Carina Paradela lança os objetivos.

“Devagarinho começamos um pouco a ver uma luz ao fundo do túnel. Queremos concluir o nosso mandato, depois vamos analisar. Já temos imensos eventos programados para 2020, os planos passam por dar continuidade ao trabalho feito até aqui, mas um dia de cada vez”, prometeu.

O First Portuguese Canadian Cultural Centre, localizado no número 60 da Caledónia Road, tem um dos principais focos na educação.

Além das cerca de 30 atividades culturais anuais, disponibiliza aulas de inglês para adultos, dispõe de uma escola de português para crianças e adultos, além de um centro de dia para idosos, um jardim de infância, entre outros serviços.