De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Colunistas

Minuto de silêncio

Que me perdoem os donos da verdade, mas até hoje, não fazia a mínima ideia se José Mário Branco, estava vivo ou morto. Com isto, não estou a retirar mérito nem valor a José Mário Branco, apenas a admitir a minha ignorância.

Talvez não soubesse porque ele é eterno e as pessoas eternas não estão vivas nem mortas, existem porque sim, e eterno ficará na minha memória. Só espero que não haja um massacre noticioso acerca de tão infeliz acontecimento, com músicas que foram produzidas para serem devidamente saboreadas não entupam os nossos ouvidos.

E já agora, e já que estamos a falar de música, não batam palmas no minuto de silêncio! A sério, homenagear alguém com o silêncio não é a bater palmas.