De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Portugal

Novas traduções da Bíblia em português

O coordenador Comissão da Tradução da Bíblia disse que os textos dos quatro Evangelhos e dos Salmos estão à disposição do público na internet com o objetivo de os tornar “mais acessível a todas as pessoas”.

Em março de 2019 a Conferência Episcopal Portuguesa CEP apresentou o primeiro volume da nova tradução da Bíblia em português feita por 34 investigadores a partir das línguas originais, com a publicação da edição de “Os Quatro Evangelhos e os Salmos”, que agora estão disponíveis aqui.

A publicação online dos quatro Evangelhos e dos Salmos inclui as notas e opções de tradução dos investigadores, convidando os leitores a deixar a sua opinião sobre e contribuindo para a melhorar.

Para o coordenador Comissão da Tradução da Bíblia da CEP, este projeto é “expressão da sinodalidade da Igreja no que toca à Sagrada Escritura”.

D. Anacleto Oliveira afirmou que é uma “feliz coincidência” a disponibilização da nova tradução da Bíblia online por ocasião do “Domingo da Palavra de Deus”, que se assinala no dia 26 de janeiro, e que acontece numa data “muito significativa”.

Para o biblista, que é bispo de Viana do Castelo, o “Domingo da Palavra de Deus” assinala o início do Tempo Comum na liturgia, quando os textos bíblicos iniciam uma “fase nova”, acontece por ocasião da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos e, este ano, celebra-se um dia depois da memória litúrgica de São Paulo.

“Este ano é no dia a seguir à festa de São Paulo, que é o escritor que mais contribuiu para o Novo Testamento e para a ligação profunda que existe com o Antigo Testamento”, afirmou.

O cordenador Comissão da Tradução da Bíblia da CEP lembrou que a Bíblia é “um património da humanidade” e um “reservatório” cultural das civilizações.

“A Bíblia é sem dúvida o livro mais lido, mais traduzido e mais conhecido e é um reservatório de uma cultura, não especificamente judaica e cristã, mas também a cultura envolve da época em que foi escrita”, afirmou D. Anacleto Oliveira

O investigador em Sagrada Escritura lembrou que o património cultural e espiritual que a Bíblia encerra diz respeito aos cristãos, aos judeus e a toda a humanidade, “porque as grandes ideias da Bíblia são comuns a todas as religiões e fundamentais em todas as civilizações”.

O primeiro volume da nova tradução da Bíblia, com “Os Quatro Evangelhos e os Salmos”, está disponível nas livrarias e o texto publicado na internet em conferenciaepiscopal.pt/bíblia.

Em setembro de 2019, o Papa Francisco divulgou a carta apostólica ‘Aperuit illis’ (‘Abriu-lhes o entendimento’) onde anuncia a instituição de um “Domingo da Palavra de Deus”, celebração anual nas comunidades católicas que visa promover a “familiaridade” com a Bíblia.