De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Lifestyle

Paris Photo conta com presença portuguesa

As galerias portuguesas Filomena Soares e Carlos Carvalho voltam este ano à Paris Photo para mostrar os novos trabalhos de Edgar Martins ou José Maçãs de Carvalho, com destaque para Fernando Marante, já premiado pelo evento.

A 23.ª edição da Paris Photo, uma das principais mostras mundiais de fotografia, realiza-se entre quinta-feira e domingo, no Grand Palais, e o encontro vai contar com 213 expositores vindos de 31 países, com a presença de duas galerias nacionais sediadas em Lisboa.

A galeria Filomena Santos vai trazer a esta feira que obras de Helena Almeida, Slater Bradley, Didier Faustino, Kiluanji Kia Henda, Edgar Martins, Carlos Motta, João Penalva, Letícia Ramos e Allan Sekula. O fotógrafo Edgar Martins, que venceu o prémio Sony World Photography Awards em 2018 é o destaque desta galeria lisboeta.

“Baseado no contexto social da prisão, Edgar Martins explora o conceito filosófico da ausência […]. Ao dar a palavra aos detidos e às suas famílias e a prisão como um conjunto de relações sociais além do simples espaço físico, o trabalho propõe repensar e contrariar as imagens normalmente associadas à prisão”, indica o comunicado de imprensa da Paris Photo enviado às redações.

Já a galeria Carlos Carvalho apresenta obras de Daniel Blaufuks, Carla Cabanas, Tatiana Macedo, José Maçãs de Carvalho e André Príncipe. Segundo o mesmo comunicado, esta galeria lisboeta quer através das fotografias dos seus artistas que a arte “revele uma consciência do que se pode fazer e do lugar que ocupamos no Mundo”.

Um dos exemplos deste tipo de trabalhos é a série “Arquivo e Democracia”, de José Maçãs de Carvalho, com fotografias tiradas em Hong Kong onde a cidade se mostra como um corpo social, analisado à distância.

O fotógrafo português Fernando Marante vai ter ainda um espaço próprio de apresentação já que foi um dos vencedores do prémio Carte Blanche – Étudiants, atribuído pela Paris Photo em parceria com a Picto Foundation e a SNCF, empresa de transportes ferroviários em França.

Esta feira acolhe anualmente cerca de 68 mil visitantes e passará a ter também uma edição em Nova Iorque a partir da primavera de 2020.

#portugalpositivo