De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Comunidades

Peregrinação de Fátima em Wiltz anulada pela primeira vez em 53 anos

Pela primeira vez na história da emigração portuguesa do Luxemburgo, não se realiza este ano a peregrinação ao santuário de Nossa Senhora de Fátima de Wiltz, no norte do grão-ducado.

Há 53 anos que na quinta-feira da Ascensão tem lugar o maior evento católico do Luxemburgo e que é sobretudo frequentado por portugueses, reunindo entre 10 e 20 mil pessoas em cada edição.

Em 2017, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, participou na peregrinação, acompanhado do grão-duque Henrique (veja vídeo abaixo).

O voto de construir um santuário de Fátima em Wiltz aconteceu em 13 de janeiro de 1945, durante a Batalha das Ardenas, na Segunda Guerra Mundial.

Wiltz, que ficaria conhecida como “cidade-mártir”, por causa das centenas de vítimas durante a ocupação alemã, fica a vinte quilómetros de Bastogne, na Bélgica, o centro da batalha. Uma dezena de luxemburgueses refugiados na cave do presbitério decidiu então fazer a promessa de construir um santuário dedicado a Fátima, se a localidade fosse salva.