De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Comunidades

Pontifício Colégio Português de Roma tem novo vice-reitor

O novo vice-reitor do Pontifício Colégio Português de Roma, o padre António Estêvão, tomou posse formalmente, no domingo, numa celebração presidida pela presidência da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP).

Uma nota de imprensa informa que a tomada de posse realizou-se durante a Eucaristia deste domingo, 10 de janeiro, que foi presidida por José Ornelas, presidente da CEP, e foi concelebrada por D. Virgílio Antunes, vice-presidente, pelo padre Manuel Barbosa, secretário e porta-voz, e vários sacerdotes que fazem parte da comunidade do colégio.

O padre António Estêvão Fernandes, da Diocese do Funchal, foi nomeado vice-reitor do Pontifício Colégio Português, em Roma (Itália), a 17 de junho de 2020, pela Conferência Episcopal Portuguesa e assumiu funções no dia 1 de setembro, mas, este domingo, “procedeu-se à tomada de posse formal diante da presidência” da CEP.

O vice-reitor do Pontifício Colégio Português nasceu a 22 de março de 1983, em Campanário, concelho de Ribeira Brava (Ilha da Madeira), frequentou o Seminário Diocesano do Funchal e o Seminário Maior do Patriarcado de Lisboa e recebeu a ordenação sacerdotal a 26 de julho de 2008; Em 2017 passou a fazer parte da comunidade do colégio em Roma como aluno na Faculdade de História e de Bens culturais da Igreja da Pontifícia Universidade Gregoriana.

“Ao acolher a presidência da Conferência Episcopal Portuguesa, o Colégio renova a sua disponibilidade e compromisso de estar ao serviço da Igreja naquela que é a missão que lhe está confiada, de acolher e acompanhar os sacerdotes que, não só de Portugal, mas também dos países de língua e expressão portuguesa e de outros países, residem em Roma, enviados pelos próprios Superiores, durante o período em que prosseguem os seus estudos”, desenvolve a nota enviada pelo reitor da instituição, o padre José Alfredo Patrício.

A presidência da CEP – José Ornelas, Virgílio Antunes, e o padre Manuel Barbosa – foi recebida em audiência pelo Papa Francisco, no dia 8 de janeiro, no Vaticano; Ao longo destes dias, a comunidade do Pontifício Colégio Português tem partilhado a sua vivência “nestas circunstâncias complexas provocadas pela pandemia, que coloca novos desafios à vida comunitária”.

O Pontifício Colégio Português, em Roma, foi criado pela Carta apostólica ‘Rei catholicae apud lusitanos’, do Papa Leão XIII, para alojar os padres enviados para Roma pelos seus bispos ou superiores, com o objetivo de aprofundarem os estudos nas várias áreas do saber humano e teológico.