De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Colunistas

Smog – Uma Índia poluída

Nos últimos dias temos vistos nas televisões imagens de uma Índia envolta num espesso nevoeiro. Mesmo para quem, como eu, nunca tenha ido para aqueles lados, sabe que não será uma situação normal.

A culpa é de mais uma preocupação dos nossos dias, a Poluição Atmosférica. Tudo começou com o Big Bang, onde “não havia nada e explodiu tudo”. Temos de recuar alguns mil milhões de anos em que a atmosfera era composta por vapor de água, dióxido de carbono entre outros gases e, as primeiras bactérias eram anaeróbias, ou seja, viviam na ausência de oxigénio mas libertavam-no, começando assim, pouco a pouco, a formação da nossa atual atmosfera e dos seus gases componentes.

Mas, em meados do século XVIII, em Inglaterra, deu-se a chamada Revolução Industrial. O aparecimento da máquina a vapor impulsionou toda a indústria existente na altura. Ao longo dos anos, estabeleceu novos padrões de consumo e uso excessivo dos recursos naturais. Uso esse que trouxe impactos negativos ao ambiente como a poluição atmosférica.

As principais consequências dessa poluição são o excesso de CO2 (que aumenta o efeito de estufa e a desflorestação), a existência de chuvas ácidas e o aumento da temperatura média do planeta. Entre esses acontecimentos, podem também darem-se fenómenos extremos, como o que está a acontecer na Índia, mas também noutros locais, o chamado Smog.

O Smog, da mistura das palavras inglesas smoke (fumo) e fog (nevoeiro), ocorre devido à chamada inversão térmica. Num dia normal, a camada de ar mais quente está junto à superfície, por ser mais leve e, por sua vez, o ar mais frio está em camadas mais altas da atmosfera. Mas com a inversão térmica, a camada fria, mais pesada fica retida mais próximo da superfície, acumulando os gases tóxicos com ela, que normalmente iriam para camadas de ar mais altas.

Um dos Smog mais conhecidos da História e pior desastre de pouluição ambiental americana foi o que ocorreu na cidade de Donora, em 1948. Esta pequena localidade, dependente da indústria de ferro e zinco e com uma taxa de mortalidade de 50 pessoas/ano (1948), viu desaparecerem numa só semana 20 pessoas e cerca de 5900 pessoas ficaram com problemas respiratórios. Devido ao que aconteceu nesta cidade, foi criada a primeira lei americana de controlo de poluição atmosférica.

A India tem 15 das 20 cidades mais poluentes do Mundo. Fenómenos como este podem tornar-se repetitivos.

O que podemos fazer para mudar?