De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
Desporto

Sporting vence Lyon em Alvalade

O Sporting venceu este domingo o Olympique Lyon, por 3-2, e somou o sétimo triunfo em nove edições do Troféu Cinco Violinos, mostrando já um futebol de bom nível para disputar no sábado a Supertaça com o Sporting de Braga.

No jogo que serve de apresentação aos sócios num Estádio José Alvalade ainda despido de público, o campeão nacional foi fiel à identidade do 3x4x3 e às virtudes da última temporada e apresentou-se com apenas um reforço no onze inicial: o lateral Ricardo Esgaio, que está de regresso ao clube após uma passagem de sucesso em Braga.

Perante o quarto classificado da última edição do campeonato francês – que se apresentou com o internacional luso Anthony Lopes na baliza -, Adán voltou a ser o guarda-redes escolhido, secundado por uma defesa com Gonçalo Inácio, Coates e Feddal, enquanto o meio-campo era ocupado por Palhinha, Matheus Nunes, Esgaio e Nuno Mendes e o ataque ficava a cargo de Jovane Cabral, Pedro Gonçalves e Paulinho.

Contrariamente à tradição dos jogos de pré-temporada, a partida arrancou com um ritmo bastante interessante e ataques rápidos de um e outro lado. Acabou por ser mais certeiro o Lyon nesta fase inicial, com o golo a chegar aos oito minutos por Aouar, num remate de primeira após uma jogada muito bem trabalhada pelo ataque francês, evidenciada pela assistência de calcanhar de Dembélé, que conseguiu descobrir um espaço na defesa ‘leonina’.

A reação da equipa comandada por Rúben Amorim foi quase imediata, com Jovane a ficar perto do empate num cruzamento rasteiro de Paulinho. Pouco depois, foi a vez do ponta de lança atirar ao poste já dentro da grande área francesa, num lance em que Anthony Lopes estava batido, mas o guarda-redes português viria ainda a adiar o golo leonino numa grande defesa a remate de Pedro Gonçalves.

Uma falta de eficácia pouco usual na equipa leonina no consulado de Rúben Amorim gerou alguma intranquilidade a meio do primeiro tempo, com o Lyon a mostrar argumentos na sua dinâmica ofensiva e a encontrar espaços para jogar com relativo conforto no meio-campo ‘leonino’. Porém, o Sporting não demorou a reencontrar-se e acabou por não só empatar como ainda dar a volta ao resultado antes do intervalo, com golos aos 31 e 35 minutos.

Na sequência de uma transição rápida, Paulinho fez o 1-1 ao aproveitar uma confusão entre Anthony Lopes e Henrique, que chegou a cortar providencialmente o passe de Pedro Gonçalves para logo a seguir atrapalhar-se com o seu colega de baliza e deixar a bola à mercê do ponta de lança dos ‘leões’. Ato contínuo, veio o 2-1, por Pedro Gonçalves, que fugiu em velocidade e aproveitou um magnífico passe em profundidade de Gonçalo Inácio.

Para o segundo tempo, o Lyon começou logo por efetuar duas substituições, enquanto o Sporting manteve o seu figurino, deixando para mais tarde as trocas, que surgiram já depois do terceiro golo, novamente da autoria de Paulinho, com o avançado a desviar de forma certeira um cruzamento de Pedro Gonçalves.

Posteriormente, as entradas de Nuno Santos, Rúben Vinagre, Tiago Tomás, Tabata, Plata e Matheus Reis não descaracterizaram em demasia os ‘leões’, que mantiveram sempre alguma acutilância e consistência, não consentindo uma reação francesa à desvantagem. Aliás, o quarto golo até chegou a surgir por Tiago Tomás, mas o lance acabou anulado por intervenção do videoárbitro.

Sem grande história nos minutos finais, o encontro acabou com um golo de um ‘velho conhecido’: Islam Slimani saltou do banco e acabou por bater Adán já em tempo de descontos para assinar o 3-2 para o Lyon.

De seguida, o árbitro Hugo Miguel apitou e colocou um ponto final num jogo de qualidade e que confirmou as boas indicações do Sporting para o arranque oficial da época na Supertaça frente ao Sporting de Braga.