De que está à procura ?

franca
Lisboa
Porto
Paris, França
França

Verão sem emigrantes custa 900 milhões de euros

A França está a apelar aos residentes para continuarem no país e evitarem as deslocações a outros países durante as férias de verão, algo que pode ter sérias consequências para a economia portuguesa. Estima-se que a retenção em França de mais de 600 mil portugueses da diáspora possa custar à economia portuguesa cerca de 900 milhões de euros.

As contas são feitas pelo Correio da Manhã, o jornal cita dados da secretaria de Estado das Comunidades, adiantando que é estimado que mais de 600 mil dos 1,5 milhões de portugueses que residem e trabalham em França passem férias em Portugal. Dessas 600 mil pessoas, o organismo estima que cada emigrante gaste, em média, 1500 euros durante a estadia em Portugal.

Na mesma notícia lê-se que o impacto da ausência dos portugueses residentes em França será sentido sobretudo no Interior de Portugal, onde o comércio consegue receitas maiores em dois meses de verão do que em todo o resto do ano.